EAD

A principais vantagens do Ensino à Distância (EaD) no mundo pós-Covid-19

O ensino presencial hoje, mais do que nunca, precisa ser repensado. O ensino à distância, conhecido como EAD, tem se tornado cada vez mais popular, especialmente em 2020, devido às medidas de distanciamento e isolamento social que foram impostas a todos ao redor do mundo por causa da Covid-19.

Fábio Assunção

Compartilhe:

O ensino presencial hoje, mais do que nunca, precisa ser repensado. O ensino à distância, conhecido como EAD, tem se tornado cada vez mais popular, especialmente em 2020, devido às medidas de distanciamento e isolamento social que foram impostas a todos ao redor do mundo por causa da Covid-19. 

No EaD, as aulas podem ser mais aproveitadas

Sabe aquela palavra esquisita que o professor falou em sala de aula e você (por vergonha ou distração) preferiu não interromper a aula só pra pedir que ele repetisse e até hoje não sabe o que ele falou? Ou então aquela vontade de ir ao banheiro ou tomar água que te levava a correr o sério risco de, na volta, de não entender mais nada do que se passava na sala de aula? Com o EAD, esses problemas simplesmente não existem. Isso porque, como as aulas são gravadas, elas ficam à sua disposição para que você acesse a hora que quiser e quantas vezes quiser. Você pode pausar ou dar aquela rebobinada a qualquer instante, se for preciso.

Os custos são infinitamente mais baixos 

Se comparados aos da educação tradicional, os custos do EAD são infinitamente menores, já que as instituições gastam menos pra manter um espaço físico, pois não precisam receber professores e alunos diariamente. Os cortes com água, luz, internet, limpeza e manutenção são reduzidos e acabam chegando aos alunos através de mensalidades mais baratas. Sem contar a economia do próprio aluno, que não precisa gastar tanto com transporte e alimentação. 

Dá pra “personalizar”

Desde que você respeite os prazos de entrega de atividades e trabalhos que normalmente são decididos pelos professores, você é livre para escolher como vai estudar — você pode assistir várias aulas em um dia, assim como poder adiar outras caso aconteça algum imprevisto, por exemplo — o que é ótimo porque todo mundo sabe que as além de possuir ritmos e estilos de aprendizagem diferentes, uma das coisas que mais prejudicam os estudos são os imprevistos. Atrasos, resfriados, despertadores que não tocaram — nada disso afeta, necessariamente, o EAD. 

Maior facilidade em conciliar os estudos com o trabalho 

Pesquisas recentes afirmam que quase 90% das pessoas que fazem EAD conseguem conciliar estudo e trabalho sem muitos problemas — o que faz do EAD um método interessantíssimo, tanto para aqueles que precisam estudar e trabalhar ao mesmo tempo como para aqueles que querem garantir uma grana extra sem abrir mão dos estudos. Isso porque o EAD possui horários flexíveis, então você pode adaptá-los às suas necessidades. 

Tem diploma SIM e vale o mesmo que o tradicional 

O EaD é uma dinâmica de ensino-aprendizagem assim como o ensino presencial. No fim, se você se esforçar e tiver disciplina, receberá um certificado ou um diploma, exatamente como acontece no ensino presencial. E sim, eles valem tanto quanto o tradicional. 

Você não fica restrito ao que tem na sua cidade

O EaD não te restringe àquele raio no qual você está localizado, então se você mora numa cidade, mas o que você quer estudar só tem em outra, por exemplo, você não fica obrigado a se mudar. Você pode estudar de onde você está. É ou não é mais uma baita vantagem? 


E aí? Ainda tem alguma dúvida que o ensino à distância é o futuro da educação?